09 setembro, 2012

o futuro de um cretino

 basta observar o olhar deste homem para para perceber que não tem alma. sendo assim é em princípio completamente desprovido de sentimentos. julgo que tanto se lhe dá como se lhe deu o que a gentalha pensa dele. só precisa da gentalha nas eleições e por isso pelo sim pelo não resolve escrever na sua página do facebook uma espécie de "desculpa lá ó pá já sabes que a culpa não é minha  blá blá blá". finalmente o facebook serviu-me para alguma coisa que não  fosse mandar umas bocas e jogar às quintas e às cidades e às paciências (que paciência é precisa para aturar este tipo...). pois fui à página do dito cujo e consolei-me a escrever parte do que penso sobre ele. e digo parte porque para escrever tudo não me chegaria o resto da vida nem o vocabulário. por falar em vocabulário daqui a dez anos os jovens saídos das escolas e universidades terão um vocabulário tão reduzido quanto o número de professores e aulas que tiveram. e por falar em professores que tal aquela finta do "clic" no contrato para o aceitar? é desta maneira que se reduz ainda mais o número de professores. se for preciso  sentar alunos ao colo um dos outros em salas de 40 pois adiante que atrás vem gente. tal como aquele senhor que não queria ter nada a ver com o resto do mundo quanto maior a ignorância melhor. só que isto já não resulta pá. estás enganado: a malta não é estúpida. só se fizeres como o governo chinês e retirares o acesso da malta à internet. deves pensar muito nisso. afinal pouco falta para trabalharmos ao preço dos chineses... eu tinha pensado que era bom ires fazer companhia à angela e fazeres com ela uma união europeia com três países: alemanha alemanha e alemanha. mas se calhar era bom passares primeiro pela china para fazeres um estágio não remunerado como os licenciados que não saem de portugal... e pelo andar da carruagem vão fazer o mesmo pelo resto da vida. vai dar banhadas para bem longe em vez de mandares quem tem cabecinha emigrar. é que estou mesmo farta de ti e do teu amigo miguel. julgam-se tão inteligentes e afinal podiam fazer um filme barato que se podia chamar "diálogo de dois cretinos". aproveita a ideia que mais ninguém te dá emprego. vai ser "artista". sem ofensa para os artistas deste país.



Enviar um comentário