03 janeiro, 2012

Portugal

O teu destino é nunca haver chegada
O teu destino é outra índia e outro mar
E a nova nau lusíada apontada
A um país que só há no verbo achar


(Manuel Alegre, in "Chegar Aqui")
Enviar um comentário