17 fevereiro, 2013

uma besta

o meu vizinho de cima é uma besta. não encontro outra palavra que melhor o descreva. uma besta. se não fosse realmente uma besta até se poderia dizer que é bonito... infelizmente é apenas uma besta. já lhe conheci várias mulheres e de todas elas só nunca ouvi a que primeiro viveu com ele aqui. as discussões entre ele e as suas mulheres são terríveis e acabam frequentemente com ameaças de morte. de parte a parte. de cada mulher que lhe conheci existem filhos. da actual tem uma menina que enquanto recém nascida não se ouvia mas que actualmente faz birras de fazer inveja aos pais. não  admira. limita-se a seguir o exemplo que tem em casa todos os dias. hoje pela hora do almoço ouvi mais uma das zaragatas do costume. às tantas ela gritou mais uma vez que se ia embora. não  sei se foi mas durante o resto do tempo só o ouvi a saltar à corda. outro dos costumes do meu vizinho que me atormenta. salta à corda durante uma eternidade. como uma besta. sem qualquer respeito pelos vizinhos. criaturas assim deviam viver isoladas para não incomodarem ninguém. ou em prédios só habitados por bestas. para não estragarem mais do que a própria casa.

Enviar um comentário