16 maio, 2011

Queda do Império - Vitorino (clica aqui)



Pata de negreiro
Tira e foge á morte
Que a sorte é de quem
A terra amou
E no peito guardou
Cheiro da mata eterna
Laranja luanda
Sempre em flor.
Enviar um comentário