30 maio, 2011

o meu voto é útil


há muitos anos que não se assistia neste país tão empobrecido a uma campanha eleitoral tão intensa. até eu que não tenho o hábito de assistir a debates dei comigo em frente à televisão não por estar interessada na propaganda de sempre mas para saber quem afinal é capaz de enganar melhor. tenho ouvido como de todas as outras vezes o apelo ao voto útil. mas afinal o que é o voto útil? para que serviram os milhões de votos úteis depositados ao longo destes anos nas urnas com cruzinhas no ps no psd ou no pp? não é preciso pensar muito para chegar à conclusão que o meu voto é muito mais útil que todos esses milhões de votos. e tem tido a vantagem de nunca me arrepender. voto útil é votar naquilo em que acredito. voto útil é votar no que considero melhor mesmo sabendo que provavelmente nunca ganhará eleições mas também sabendo que dentro ou fora da a.r. não vai trair o meu voto. não darei o meu voto a nenhum dos senhores que prometeram não aumentar impostos e depois com a desculpa do desconhecimento da verdadeira realidade das finanças a primeira coisa que fazem é aumentá-los. não darei o meu voto a quem alinha e depois pede desculpa. difícil mesmo é não ter que pedir desculpa. não darei o meu voto a quem quer privatizar um bem que é de todos como a água. já em miúda me revoltava contra quem vendia a água de todos como se fosse sua no interior de angola. não darei o meu voto a quem tem vergonha dos pobres e dá 30 altos cargos a cada um dos familiares ou amigos. se desse o meu voto a qualquer um dos senhores que contribuiu para o empobrecimento do país nunca mais seria capaz de me olhar no espelho. o meu voto como sempre será um voto útil. para mim e para quem o receber.
Enviar um comentário